terça-feira, abril 23, 2024

HomeEsportesA grande aposta da F1 em 2019

A grande aposta da F1 em 2019

Marx Verstappen planeja começar a temporada 2019 como terminou a de 2018: em alta. O piloto holandês da Red Bull foi o único a subir ao pódio nas últimas cinco corridas do campeonato e, assim como o pentacampeão Lewis Hamilton, somou mais de cem pontos nas seis últimas provas.

“Parece tudo muito promissor, mas eu sempre tento ser realista e apenas esperar e ver”, diz Marx Verstappen. “Primeiro ainda precisamos montar um grande carro, o motor também deve ser confiável e poderoso, o que eu acho que vai acontecer, mas primeiro temos os testes de inverno e depois vamos ver”, afirmou o quarto colocado no último Mundial, referindo-se à saída da Renault e à chegada da Honda na equipe austríaca.

Aos 21 anos, pronto para a sua quinta temporada na categoria mais importante do automobilismo, Verstappen aguarda ansioso para ver o desempenho do “novo pacote”. “Sempre esperamos por um ano melhor, mas é certo que teremos finais de semana com problemas. O importante é manter uma regularidade.”

Sobre uma possível briga pelo título no próximo ano, Verstappen preferiu manter o equilíbrio. “Responder esta pergunta é sempre muito difícil, pois dependemos muito do carro para termos uma boa performance.” Verstappen vai correr ao lado do francês Pierre Gasly, contratado junto à Toro Rosso para substituir o australiano Daniel Ricciardo, que vai fazer parceria com o alemão Nico Hülkenberg na Renault.

Em 2018, Verstappen somou 249 pontos, dois a mais que o finlandês Valtteri Bottas, companheiro de Hamilton na poderosa Mercedes. O holandês ganhou duas corridas e somou 11 pódios, apenas um a menos que o alemão Sebastian Vettel, vice-campeão pela Ferrari.

Verstappen volta a dirigir pela Red Bull nos testes de pré-temporada da Fórmula 1 para 2019, em Barcelona, entre os dias 18 de fevereiro a 21 de fevereiro. A segunda e última bateria de testes será realizada entre 26 de fevereiro e 1º de março.

PRIMEIRO TÍTULO
Max Verstappen pode estar perto de conseguir seu primeiro título da Fórmula 1. Pelo menos, é isso que acredita dois gigantes da categoria: Sebastian Vettel e o atual campeão, Lewis Hamilton. Isso porque o piloto da Red Bull não poupou bom desempenho e, segundo seus adversários, pode entrar como forte concorrente ao Mundial de 2019.

Dono do melhor tempo nos Grandes Prêmios da Áustria e do México, o piloto, cada dia mais, ganha destaque nas corridas. Segundo Hamilton, possivelmente, se a RBR contasse com as tecnologias da Mercedes e da Ferrari, ninguém pararia o piloto da nova geração.

“Max tem dirigido muito bem durante todo o ano, mostrou sua consistência e tem estado muitas e muitas vezes conosco”, afirmou Hamilton. “Então, se sua equipe fizer o trabalho e oferecer uma plataforma com a qual ele pode competir ainda mais perto de nós, é claro que ele estará na luta”.

Vettel fez couro à fala do adversário. “Ele tem todos os ingredientes. Eu acho que há alguns caras por aí que têm essas qualidades e Max é certamente um deles”, destacou. “Max e Daniel (Ricciardo) provaram que podem ser muito, muito rápidos e muito consistentes, então tenho certeza que veremos mais dele, ele estará aqui”.

Parceiro de Max na temporada de 2018, Daniel Ricciardo também acumulou dois melhores tempos entre os atletas em GPs, subindo no lugar mais alto do pódio. O australiano, entretanto, deixou a escudeira para se juntar à Renault no próximo ano.

Posts semelhantes

Posts recentes