sábado, junho 15, 2024

HomeEsportesAluno fala das oportunidades por meio de bolsas de estudos para atletas

Aluno fala das oportunidades por meio de bolsas de estudos para atletas

Foto Divulgação

O esporte pode mudar vidas. E, no caso de Lucas Morais da Silva, 27 anos, natural de Brasília, o basquete, aliado à sua dedicação como aluno proporcionaram que neste mês de dezembro ele chegasse ao título de Mestre em Educação, curso esse que concluiu na Unoesc. Lucas começou a praticar o esporte com 14 anos e em 2016, quando veio para Joaçaba, passou a jogar na Associação de Basquete de Luzerna, Joaçaba e Herval D’ Oeste (Ablujhe), depois de ter passado pela Associação Videirense de basquetebol. “A Ablujhe é um projeto maravilhoso. Quando chegamos em lugar novo, sem conhecer ninguém, dá um frio na barriga, pensamos em diversas variáveis, ainda mais em meio tão volátil como o esporte, mas, foi incrível como Joaçaba me acolheu. E, foi por estar nesse projeto que pude vislumbrar novas áreas de atuação e crescer enquanto ser humano também, como por exemplo, quando comecei a lecionar no Colégio Luterano Santíssima Trindade momento em que minha vida ficou entre lecionar, treinar e estudar”, contou Lucas.

Aliás, foi por meio da oferta de bolsas de estudos oferecidas pela Unoesc para os atletas da Ablujhe que ele conseguiu concluir a especialização em Psicopedagogia e o Mestrado. “Ser Mestre não era algo que parecia traçado para acontecer em minha vida, visto ter crescido na periferia em Brasília e vivenciado muitos dos efeitos da desigualdade existente no país. Passei por projetos sociais como o projeto “2º tempo” coordenado pelo professor Marco Aurélio (Marcão), logo em seguida, ingressei em um time formador de atletas em Brasília chamado “Lance Livre Esportes” e fui seguindo. Na Unoesc, especificamente, a oportunidade oferecida para atletas em sua maioria de baixa renda, a sonharem com um mundo novo e com a possibilidade de ascender a novos palanques fez toda a diferença, por isso, agradeço a instituição por cuidar dos atletas do basquete”, ressaltou.

Atualmente, Lucas mora em Chapecó, onde trabalha como professor. Entre seus objetivos está ingressar no Doutorado em 2020, enquanto continuará atuando como atleta da Associação de Basquete de Luzerna, Joaçaba e Herval d’ Oeste (Ablujhe), visto já ter renovado seu contrato.
“Só tenho a agradecer a todas as pessoas e instituições que passaram por minha vida e minha família que é minha base. Obrigado pai, mãe e esposa que está diariamente comigo e compartilhou as dificuldades de treinar, lecionar e estudar. Obrigado ainda, a Unoesc e Ablujhe pelas oportunidades concedidas até aqui”, finalizou Lucas.

Posts semelhantes

Posts recentes