terça-feira, abril 23, 2024

HomePolíticaColuna Pelo Estado - Bolsonaro não poderá se eleger, mas elegerá

Coluna Pelo Estado – Bolsonaro não poderá se eleger, mas elegerá

Não é surpresa que a onda Bolsonarista esteja movimentando – e muito – as eleições em Santa Catarina. Prova disto é o engordamento do PL nesta reta final da janela partidária, que se encerra no próximo dia 7.

Na Capital, o evento realizado na última quarta-feira, 27, contou com a presença de Jorginho Mello, dos filhos Bruno e Filipe, da vice-governadora Marilisa Boehm, do vereador Bruno Souza, dos deputados federais Jorge Goetten e Daniela Reinehr, dos deputados estaduais Maurício Eskudlark e Carlos Humberto, dos prefeitos Eduardo Freccia, de Palhoça, e André Moser, de Indaial, de vários secretários de Estado de vereadores da Capital. Até pouco tempo, alguns destes nomes não seriam jamais cogitados para entrar no partido.

A cerimônia serviu ainda para oficializar a filiação de Gabrielzinho Meurer, Manu Vieira, Maryanne Mattos, João Paulo Bericó e Gilberto Gemada Pinheiro.

Com o apoio do PL à reeleição de Topázio Neto (PSD), que foi peça chave no encontro, ficou claro – aliás, foi até anunciado – que será o partido de Jorginho quem indicará o vice da chapa e que este provavelmente será um dos novos filiados. Resta saber se o ex-prefeito Gean Loureiro, que já abençoou Topázio, também irá abençoar o vice.

Quem também chamou atenção no evento foi o Pastor Thiago Ramos, que sonha ser candidato a vice-prefeito na chapa de Adeliana Dalpont (PL) – que não estava presente -, em São José. Isto porque Pastor Thiago é filho do Bispo Flori Ramos, presidente do Republicanos, partido aliado de Orvino (PSD), que enfrentará Adeliana nas urnas.

O próximo evento do PL será dia 5 de abril, em Chapecó, quando haverá uma grande festa com a presença do governador, das deputadas federais Caroline De Toni e Daniela Reinehr, da deputada estadual Ana Campagnolo e outras lideranças.

Uma coisa fica clara com toda esta movimentação. Jair Bolsonaro, apesar de inelegível, vai eleger muita gente nas próximas eleições.

Foto: ANF/Reprodução

Oportunidade para quem quer sair das ruas

A Prefeitura de Florianópolis inaugurou, esta semana, o Centro de Formação Profissional, mais um braço da assistência social na tentativa de ressocialização das pessoas em situação de rua. Localizado dentro do complexo Nego Quirido, o centro é uma parceria do município com o Senac para ofertar cursos de “alta empregabilidade”. Também já está em andamento um contrato de parceria com uma organização da sociedade civil que vai desenvolver um projeto do Centro de Convivência Dia, que tem como objetivo dar uma ocupação às pessoas com atividades diurnas, em mais uma oportunidade de retirá-las das ruas. Mas o que preocupa é: será mesmo que as pessoas querem sair das ruas? Dia desses, presenciei uma discussão entre a atendente de uma loja e um rapaz visivelmente drogado e em situação de rua. Ele dizia aos quatro ventos que quem estivesse achando ruim, que reclamasse para a prefeitura ir tirá-lo dali, mas que ele voltaria em seguida porque ninguém poderia prendê-lo.

Mais segurança

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) e a Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP) renovaram parceria por meio de um convênio que consolida o acesso do MPSC ao Sistema Integrado de Segurança Pública (SISP) e serviços de interoperabilidade. A iniciativa marca um passo significativo na colaboração entre as duas entidades e não só proporcionará aos membros, servidores e policiais do MPSC acesso mais amplo às funcionalidades do SISP, mas também garantirá a segurança dos dados e a transparência na gestão dos recursos.

A Páscoa de Bolsonaro

O ex-presidente Jair Messias Bolsonaro está em Santa Catarina para passar o feriado de Páscoa. Junto dele, uma leva de correligionários e apoiadores, incluindo o senador Jorge Seif (PL). Bolsonaro e a esposa, Michelle, ficarão hospedados na cobertura de um prédio de luxo na cidade de Balneário Camboriú, onde também mora seu filho, Jair Renan. Em princípio, Bolsonaro não cumprirá nenhuma agenda política, mas Michelle terá um jantar com empresárias locais.

Aumento de salário dos vereadores virou moda

Parece que virou moda entre os vereadores aumentar o próprio salário. Depois que a Câmara de Florianópolis aprovou o aumento em 48%, agora, os vereadores de Lages estão discutindo o aumento de salário do prefeito, vice-prefeito, secretários e vereadores em até 50%, que é o que a legislação permite. Talvez, se permitisse mais, eles tentariam mais.

Quem também está estudando um projeto semelhante é a Câmara Municipal de São José, sob o argumento de que desde 2015 não há reajuste.

Greve anunciada

Os professores da UFSC irão entrar em greve. O sindicato informou que a categoria realizará uma paralisação no dia 3 de abril. Docentes em todo o Brasil reivindicam o reajuste salarial e a reestruturação da carreira, além de protestar contra a precarização das condições de trabalho. A greve, a partir de 15 de abril, abrange professores de universidades federais, institutos federais e Cefets (Centros Federais de Educação Tecnológica).

Edital aberto

A SCGÁS anuncia a abertura de dois editais de chamada pública. O primeiro é destinado ao Suprimento de Gás para a rede estruturante do Planalto Norte Catarinense (Rede isolada). Esta Chamada Pública visa contratar suprimento de gás para o projeto, que busca atender principalmente indústrias do setor de papel e celulose, com previsão de investimentos de aproximadamente R$ 22 milhões até 2025 nas cidades de Três Barras, Canoinhas e Mafra.

O segundo edital é para chamamento de supridores interessados em aderir ao contrato de termos gerais com a SCGÁS para suprimento de gás de curto prazo. Nesta modalidade, é possível fechar operações pontuais tendo em vista atender aos picos de demanda do mercado.

Posts semelhantes

Posts recentes