sexta-feira, março 1, 2024

HomeColuna Saca RolhaConheça um dos vinhos mais apreciados pelas mulheres na Itália

Conheça um dos vinhos mais apreciados pelas mulheres na Itália

Produzido na região da Lombardia, o Decordi Bardolino é perfeito para acompanhar carne vermelha, pratos com massa e molhos à base de tomate, carnes brancas grelhadas e queijo colonial; além de agradar os paladares nas rodas de bate-papo dos amigos. À venda em Joaçaba e região, ele pode ser comprado numa faixa de preço bem acessível, no Caitá, por R$ 29,90.

Rodrigo Leitão
jornalismo@raizesdiario.com.br

Se você gosta de vinho e quer a presença da sua esposa, namorada ou amigas nas degustações, seja em casa, em bares e restaurantes ou em confrarias, precisa conhecer um vinho diferente do padrão acostumado pelo brasileiro. Estou falando do Bardolino, elaborado com base na uva Corvina e que vem lá da terra de seus antepassados, se você mora no Rio Grande do Sul ou em Santa Catarina.

Encontrei este vinho, produzido pela Casa Decordi, na comuna de Motta Baluffi, na região da Lombardia, província de Cremona,  na Adega do Caitá, aqui em Joaçaba. Em recente pesquisa desenvolvida pela Associação de Produtores de Bardolino, ele foi indicado com um dos principais vinhos italianos apreciados pelas mulheres. Isso porque sua composição se dá com cortes de uvas mais leves, lideradas pela Corvina (mais conhecida como uva usada para arredondar vinhos do que para criar rótulos diferenciados).

O Decordi Bardolino é um vinho com origem controlada. Isso quer dizer que existem uma série de normas e regras que garantem a sua qualidade e procedência. Então, não tenha medo de comprar e provar. Você vai se surpreender com a sua maciez, com o equilíbrio entre tanino e acidez (a salivação que aguça o paladar para a comida!) e com as frutas que exalam da taça.

A linha Decordi leva o nome da família que desde 1921 dirige o Vinícola com grande sucesso. Esta linha representa o clã no mundo inteiro. Além da Corvina, o Decordi Bardolino usa as uvas Rondinella e Molinara, em partes menores, para garantir uma bebida mais leve, com apenas 12,5% de teor alcoólico por litro. Ele apresenta uma cor vermelho brilhante e traz aromas de frutos vermelhos silvestres, como framboesa e cereja, principalmente. Quando se prova este vinho, na boca surge uma sensação de frescor, com bom sabor e boa acidez, suave e persistente tanino.

É um vinho excelente para todos os pratos de massas, risotos, sopas de legumes, carnes brancas grelhadas, cozidos e churrascos. Além do nosso saboroso queijo colonial! Deve ser servido a uma temperatura de 16 a 18°C. Isso significa guardá-lo na geladeira por meia hora antes de provar na taça.

Ah, sim. Se você gosta de música, por ser produzido na região que é a terra natal do violino, esse vinho vai muito bem con una bella canzone!

Posts semelhantes

Posts recentes