domingo, abril 21, 2024

HomeEsportesEx-goleiro do Fla serve no Exército de Israel

Ex-goleiro do Fla serve no Exército de Israel

Depois de passar 10 anos no Flamengo e estrear entre os profissionais no Brasileirão de 2014, o goleiro Daniel Tenenbaum partiu para Israel, onde tem uma rotina pouco usual para um jogador de futebol: divide o tempo entre as forças aéreas do país e a função de goleiro do Maccabi Tel Aviv, atual campeão nacional.

Daniel tem um jogo profissional pelo Rubro-Negro. Ele atuou em partida válida pelo Campeonato Brasileiro de 2014, em um empate de 1 a 1 contra o Grêmio, quando entrou no segundo tempo após expulsão de César.

Pouco depois, rumou para Israel para defender o Maccabi Tel Aviv, onde segue desde 2016. O jogador comentou sobre como surgiu a oportunidade de partir para Israel e entrar para o exército. “Não era algo que eu estava esperando. O clube me procurou porque eu sou judeu e tenho passaporte. Isso facilitou muito. Vim emprestado por um ano e depois meu passe foi comprado de forma definitiva. Aqui, temos uma lei que diz que se você se muda para o país até os 23 anos e se naturaliza, tem que passar pelo exército, então, eu tive que entrar. Não é uma carreira que eu pretendia seguir, mas é necessário. Estou dando algo em troca para o país. Eles me deram a nacionalidade, e eu estou retribuindo da forma que posso”, disse Daniel.

Já há seis meses no exército, o goleiro comentou sobre a jornada dupla de trabalho e sobre as principais dificuldades que enfrenta ao acumular as duas funções. “Eu já estava acostumado com a jornada dupla antes de me mudar para cá. Enquanto estava no Flamengo, eu cursava administração no Rio de Janeiro e cheguei a me formar, então não é algo novo para mim. Aqui eu não faço nada físico pelo exército, e meu horário depende do treino. O clube está em contato direto com as forças aéreas, e eu tenho essa liberdade para aparecer em períodos diferentes no escritório. É difícil por questões de descanso e lazer. Enquanto os outros estão livres, eu continuo trabalhando”, avalia Daniel.

Posts semelhantes

Posts recentes