sábado, junho 15, 2024

HomeEsportesLuto no futebol paranaense: morre o maior ídolo do Coritiba

Luto no futebol paranaense: morre o maior ídolo do Coritiba

O futebol paranaense amanheceu de luto nesta quinta-feira. O maior ídolo da história do Coritiba, Dirceu Krüger, o Flecha Loira, morreu aos 74 anos em um hospital de Curitiba. O ex-jogador, ex-treinador, e funcionário do Coxa, passou por uma cirurgia após uma obstrução intestinal no último dia 13, se recuperou, mas voltou a ser internado na manhã desta quinta-feira.

A última aparição pública do ídolo coxa-branca foi na final do segundo turno do Campeonato Paranaense, a Taça Dirceu Krüger, quando entregou o troféu de campeão ao time de aspirantes do Athletico Paranaense, que venceu exatamente o Coritiba na decisão. Mesmo com o nome historicamente ligado ao rival, foi respeitosamente aplaudido pela torcida rubro-negra na Arena da Baixada.

Comprado pelo Coxa em 1966 junto ao Britânia, clube extinto da capital paranaense, atuou em 252 partida pelo Alviverde, marcando 58 gols. Porém, o mais marcante desses jogos, que colocou de vez o meia como o maior da história aconteceu em abril de 1970, quando diante do Água Verde, ao buscar o gol, se chocou com o goleiro Leopoldo, sendo internado por 70 dias, desenganado pelos médicos. Recuperado, jogou ainda até 1975.

Funcionário do clube a mais de 50 anos, treinou o time em diversas ocasiões, estando no comando em 185 oportunidades. Em 2016, teve sua estátua inaugurada em frente ao Estádio Couto Pereira como reconhecimento do clube por seu trabalho.

Posts semelhantes

Posts recentes