sábado, março 2, 2024

HomeEsportesPentacampeão

Pentacampeão

O britânico Lewis Hamilton, piloto da Mercedez, conquistou neste domingo seu quinto título na Fórmula 1.  Com a marca ele se igualou a dois dos maiores nomes do automobilismo, o argentino Juan Manuel Fangio e o alemão Michael Schumaker. Hamilton chegou em quarto lugar no GP do México e não pode mais ser alcançado por ninguém. Este foi também o segundo bicampeonato de Hamilton, depois de vencer em 2014 e 2015. As restantes coroas foram conquistadas em 2008 e 2017.

O piloto inglês Lewis Hamilton, da Mercedes, conquistou neste domingo (28), no Grande Prêmio do México, o seu pentacampeonato mundial de Fórmula 1, após terminar a corrida na quarta colocação. A prova foi dominada e vencida pelo holandês Max Verstappen, da Red Bull Racing (RBR).
Faltando dois GPs para o fim da temporada, Hamilton precisava de apenas um sétimo lugar no México para conquistar antecipadamente o título da principal categoria do automobilismo mundial. Além disso, o britânico não dependia do resultado do alemão Sebastian Vettel, da Ferrari, que terminou a prova na segunda colocação.
Com o pentacampeonato, Hamilton igualou no número de conquistas com o argentino Juan Manuel Fangio. Ambos só estão atrás do alemão Michael Schumacher, que venceu o mundial de pilotos da F1 sete vezes.
“É um sentimento muito estranho. Não foi vencido aqui, foi vencido com muito trabalho em diversas corridas. Fangio também fez com a Mercedes, então é incrível”, disse Hamilton.
O título é o quarto de Hamilton com a Mercedes, que faturou os mundiais de 2014, 2015 e 2017 pela equipe alemã. Já na temporada 2008, o piloto de 33 anos foi campeão correndo pela McLaren.

A CORRIDA
Largando em segundo lugar, Verstappen fez um bom início de corrida e assumiu a ponta da prova logo na primeira curva. O holandês guiou seu monosposto seguramente e ninguém conseguiu alcançá-lo, conquistando sua quinta vitória na carreira na Fórmula 1.
Vettel, por sua vez, terminou a prova em segundo lugar e fechando o pódio, ficou o seu companheiro de equipe, o finlandês Kimi Raikkonen.
Daniel Ricciardo, também da RBR, que largou na pole position, precisou abandonar a prova por problemas no motor.
O próximo Grande Prêmio e o penúltimo da temporada será no Brasil, em Interlagos, entre os dias 9 e 11 de novembro.

Posts semelhantes

Posts recentes