sábado, março 2, 2024

HomeEsportesMancini explica por que não trocou o São Paulo pela Chapecoense

Mancini explica por que não trocou o São Paulo pela Chapecoense

O coordenador técnico do São Paulo, Vagner Mancini, recusou nesta semana uma proposta para dirigir a Chapecoense, clube pelo qual foi campeão catarinense em 2017. “Tenho um extremo carinho por todos de Chapecó. Ajudei na reconstrução da equipe, mas neste momento tenho de olhar para o projeto São Paulo. Tinha um projeto em cima da mesa que acreditei e não podia fugir disso”, explicou.

Após correr risco de não se classificar ao mata-mata, o São Paulo venceu o Ituano nos dois jogos das quartas de final: 2 a 1, no Morumbi, e 1 a 0, no estádio Novelli Júnior. Liderada pelos garotos revelados em Cotia, a reação tricolor no torneio estadual foi bastante comemorada por Mancini.

“O São Paulo chega para disputar títulos. O mais importante hoje é mostrar uma evolução muito boa como time e grupo de trabalho. Passamos pelas dificuldades e vemos esse mesmo time jogar um futebol leve. Não foi do dia para a noite. Tivemos de mudar peças, a mentalidade da equipe”, frisou.

Sem citar nomes, Mancini diz ter identificado problemas anteriores ao seu comando no São Paulo. Ele deixará de treinar a equipe após o jogo de ida das semifinais, quando Cuca assumirá de vez o time tricolor.

“Em um determinado momento foi dado uma atenção especial para alguns atletas, o que não quero aqui. Não podemos direcionar nem na fase boa nem na ruim. Quando acredito no grupo, tenho de tocar nisso. Tenho de destacar que o grupo venceu. Vamos lutar muito”, concluiu.

O adversário do Tricolor nas semifinais será o Palmeiras, primeiro colocado na classificação geral do torneio. O jogo de ida será realizado no Morumbi, e o Allianz Parque receberá a partida de volta. Datas e horários dos duelos serão definidos nesta quinta-feira, pela Federação Paulista de Futebol. O vencedor enfrentará Santos ou Corinthians na decisão.

Posts semelhantes

Posts recentes