sexta-feira, julho 12, 2024

HomeAgroSopelsa ressalta importância da plataforma Infoagro para o agronegócio catarinense

Sopelsa ressalta importância da plataforma Infoagro para o agronegócio catarinense

Projeto que pode ser acessado pela população começou a ser desenvolvido quando Sopelsa estava à frente da Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca.

Foto Divulgação

A Epagri e a Secretaria da Agricultura e da Pesca de Santa Catarina lançaram o aplicativo InfoAgro para smartphones e tabletes. O produto coloca na palma da mão de agricultores, tomadores de decisão, jornalistas e cidadãos, informações estratégicas sobre o agronegócio catarinense. É uma revolução na forma de acessar números que antes estavam organizadas em planilhas, tabelas, textos e outros documentos arquivados em computadores de técnicos de instituições estaduais e federais. O projeto começou a ser delineado pela secretaria da Agricultura e da Pesca, em 2017, quando o deputado Sopelsa estava no comando da secretaria, com o apoio do Centro de Socioeconomia e Planejamento Agrícola da Epagri (Epagri/Cepa) com o suporte tecnológico do Ciasc.

Segundo o deputado Moacir Sopelsa que comandava a secretaria da Agricultura e da Pesca e foi um dos apoiadores do projeto “O InfoAgro traz mais transparência e eficiência para as ações de fomento agropecuário. Nós poderemos analisar com mais precisão os resultados dos programas, perceber quais setores precisam de maiores investimentos e acompanhar o desenvolvimento da safra em todas as regiões”.

O parlamentar ressalta que “O Sistema combinará as informações de políticas públicas, safra e preços desde 2010 até os dias de hoje e de forma regionalizada. Será possível, por exemplo, analisar o crescimento da produção de soja em uma determinada região ou até mesmo em um município específico. “Essa é uma novidade que irá mudar a forma como as pessoas percebem a agropecuária catarinense. Principalmente, será uma ferramenta importante para os agricultores e pecuaristas do estado, que poderão conhecer os números de outras regiões e se planejar melhor para o futuro”.

Posts semelhantes

Posts recentes